Meio ambiente

Além de busca ativa e denúncias, Prefeitura intensifica trabalho de fiscalização de queimadas por satélite

Publicada em 25/07/20 às 15:33h - 8 visualizações

por -


Compartilhe
   

Link da Notícia:

 (Foto: Fagner Delgado)

Na manhã desta segunda-feira, 20, o secretário de Meio Ambiente (Semeia), Aberson Carvalho, falou sobre o trabalho das equipes de fiscalização da Prefeitura, no último final de semana, período em que mais de 100 ocorrências, de focos de queimadas, foram registradas pelo Corpo de Bombeiros em Rio Branco.

“Estamos trabalhando com duas equipes, mantendo o atendimento nos três turnos: manhã, tarde e noite. Além da busca ativa, que é quando nossas equipes averiguam as regiões com maior incidência, estamos acompanhando também via satélite, áreas grandes que foram queimadas, para tentar identificar o autor ou o proprietário para aplicar a notificação”, disse.

De acordo com as Leis Municipais N° 1.330/99 e N° 1.459/2002, tanto o proprietário da área, quanto quem praticou a queima ou quem se beneficiou com ela, podem ser autuados. As multas variam de R$ 400 a R$ 4 mil, por hectare ou fração.

Um dos atendimentos realizados pelas equipes da Semeia foi um incêndio de grandes proporções entre a Estrada Transacreana e o bairro Calafate, onde o fogo consumiu, aproximadamente, 100 hectares de terra, teve início no sábado, 18, e no domingo, 19, quando os fiscais retornaram ao local, ainda continuava queimando. Esse incêndio foi o responsável pela quantidade de fumaça que foi vista no Segundo Distrito da capital acreana.

Segundo dados da Universidade Federal do Acre (Ufac), somente no perímetro urbano, foram queimados mais de 700 hectares, no último final de semana.

A região da Cidade do Povo também é uma das mais críticas em relação ao número de focos de queimadas.

O secretário Aberson explica que a Prefeitura está atuando com ações educativas nos bairros que estão próximos e que compõem o Cinturão Verde, entre eles Belo Jardim, Calafate e Tancredo Neves. “Nós intensificamos o trabalho de atuação dos fiscais e estamos colocando equipes para orientar a população, nesses bairros onde há maiores registros, seguindo todas as orientações do Ministério da Saúde e tomando os devidos cuidados para nos proteger e manter a população em segurança também”, declarou.

Ele alerta ainda para conscientização da população neste período de pandemia. “Não podemos colapsar o sistema de saúde, que já está operando no enfrentamento ao coronavírus. Além disso, as queimadas provocam problemas respiratórios muito semelhantes aos da Covid19, o que dificulta o diagnóstico preciso da doença. É um momento delicado que precisamos da colaboração da população”, ressaltou.

As denúncias podem ser feitas pelos números 190 ou 193, da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros, além dos contatos da Semeia: 3228-5765 ou 9 9227-1126.

Dicom/PMRB




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (68) 9.9911-2917

Visitas: 51807
Usuários Online: 26
Copyright (c) 2020 - Radio Calçadão AC