Saúde

Em SP, Gladson garante ajuda à Casa de Apoio ao Transplantado e esforço na retomada de transplantes de rim e fígado no Acre

Publicada em 03/08/20 às 12:52h - 38 visualizações

por Wesley Moraes


Compartilhe
   

Link da Notícia:

 (Foto: -)

O governador Gladson Cameli visitou neste sábado, 1º, pacientes acreanos em tratamento fora de domicílio (TFD), na cidade de São Paulo (SP). O encontro ocorreu na Casa de Apoio ao Transplantado, local mantido pela Associação para Pesquisa e Assistência em Transplante (Apat), e com capacidade para acolher até 30 pessoas, entre pacientes e acompanhantes.

A casa de apoio recebe pessoas do Acre, que vão ao estado paulista em busca de tratamento de saúde, desde 2004. Atualmente, dois pacientes e dois acompanhantes dos municípios de Cruzeiro do Sul e Marechal Thaumaturgo estão abrigados no local enquanto aguardam pela cirurgia de transplante de fígado. Eles contam com cinco refeições diárias gratuitas, além de atendimento médico e psicológico oferecido por voluntários.

Durante a visita, Cameli, acompanhado do médico especialista em transplante de fígado, Tércio Genzini, conheceu todas as instalações e funcionamento da Casa de Apoio ao Transplantado, tomou conhecimento das necessidades e assegurou o retorno de um convênio para a continuidade e manutenção do local.

“Sabemos da importância das casas de apoio paras as pessoas que estão em tratamento longe das cidades onde moram, e aproveitando a oportunidade, eu gostaria de parabenizar, em nome do dr. Tércio Genzini, o belo trabalho que essa associação faz aqui em São Paulo pelos nossos irmãos acreanos. O governo precisa apoiar esse tipo de iniciativa, que ajuda a salvar vidas. Por isso, vamos estar firmando um convênio para fazer o repasse mensal no valor de R$ 10 mil para auxiliar no custeio das despesas”, confirmou Gladson.

Gladson anuncia esforço para a retomada de transplantes de fígado e rim na Fundhacre

A melhoria do sistema público de Saúde do Acre tem sido prioridade na gestão Gladson Cameli. O esforço do governador é garantir o retorno dos transplantes de fígado e rim na Fundação Hospitalar do Acre (Fundhacre), paralisados desde o último mês de março por conta da pandemia do novo coronavírus.

“O Estado está totalmente focado no enfrentamento à Covid-19, mas também estamos atentos para atender outras especialidades que o governo oferece para a população. Uma delas é a retomada dos transplantes de rim e fígado. Já determinei que a Secretaria de Saúde dê andamento aos processos e resolva essa questão o quanto antes. Temos todas as condições de realizar essas cirurgias na Fundação Hospitalar e isso é bom para o paciente, que não vai precisar sair do estado, e ainda ajuda o governo a economizar”, enfatizou o gestor.

O anúncio do governador Gladson Cameli foi comemorado pelo médico Tércio Genzini. Nos últimos 6 anos, o especialista e sua equipe já realizaram 55 transplantes de fígado no Acre, o único estado da Região Norte a realizar este tipo de procedimento por meio do Sistema Único de Saúde (SUS).

“O sucesso dos procedimentos cirúrgicos obtidos Acre é superior a 90%. Em comparação com todos os estados, é o resultado mais alto do país. Com o retorno dos transplantes, vamos manter essas pessoas em seu estado de origem e ainda trará economia de recursos públicos, já que o custeio dessas cirurgias é feito por uma verba estratégica do governo federal. Além disso, é muito importante para o desenvolvimento da medicina local”, explicou.

Secom/Geac




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (68) 9.9911-2917

Visitas: 57801
Usuários Online: 11
Copyright (c) 2020 - Radio Calçadão AC